Beleza, Curiosidades, Dica, Lançamentos, Saúde

Novidade no consultório do dermatologista: Laser de picossegundos para tratar melasma e outros tipos de manchas na pele

Eu <3 encher vocês de novidades!!! Até porquê o mercado Beauty nunca fica saturado. Muito pelo contrário, está se inovando numa velocidade tão impressionante que muitas vezes que nós influenciadores (as) da área, não damos conta de trazer todos os lançamentos e tendências ao mesmo tempo!!!

Mas quando chequei essa pauta, achei super interessante afinal, me identifico muito com a cosmetologia pois vai muito além da produção, utilização e funcionalidade de cada cosmético. E o post de hoje é uma evidência clara disso. Quer ver??? Então, bora lá pessoal 😉

A cosmetologia tem profunda ligação com a estética e Procedimentos envolvidos: A Propósito, a busca por tratamentos estéticos é algo que também está crescendo cada dia mais; e com isso novas técnicas e equipamentos estão sendo desenvolvidos e já encontram-se disponíveis em clínicas dermatológicas e em centros estéticos especializados

images (4)

Quando termina o verão, mais pessoas procuram os consultórios dermatológicos para tratar as manchas na pele, especialmente no rosto. Os pacientes estão em busca de procedimentos que causem menos desconforto e sejam mais modernos e eficientes. E, uma das principais novidades em tratamentos é o uso do Laser Alexandrite (755nm), do equipamento Picosure, com pulsos de picossegundos, que produz um impacto fotomecânico na pele, com pulsos ultrarrápidos, de curtíssima duração (trilionésimos de segundos).

images (5)

Por causa disso, ele garante eficiência, sem esquentar diretamente a pele por fototermólise, o que ocorria em todos os lasers anteriores. O Picosure foi o primeiro laser do mundo a ter picossegundos, sendo o precursor da tecnologia de ondas de choque (pressurewave), sem o uso de fototermólise (calor). A ação fotomecânica do laser de picossegundos diminui consideravelmente a vermelhidão (eritema) após o procedimento e o risco de queimaduras, tornando estes equipamentos muito mais seguros para pacientes e médicos. Além disso, a tecnologia elimina a necessidade do paciente se afastar das atividades do dia a dia (downtime) – nada de pele descamando, com edemas ou sensibilizada.

Agora, vamos acompanhar as explicações da Dra. Eveline Bartels (CRM 35403 / RQE 14976) sobre sobre o uso do Laser Alexandrite (755nm) com pulsos de picossegundos para minimizar melasmas, melanoses solares e hipercromias pós-inflamatória, além de abordar a relação entre os tipos de manchas e os fototipos (cor da pele). 

  • Quais os principais tipos de manchas que podem ser tratadas com o laser de picossegundos?

    Dra. Eveline:  Praticamente todos os tipos de manchas podem ser tratadas com o laser de picossegundos. As mais frequentes são: os melasmas, que são manchas acastanhadas mal delimitadas que podem surgir na face e, até mesmo, no colo e braços. Tem origem genética, mas podem ser precipitadas e/ou exacerbadas pela exposição excessiva ao sol, após uma gestação ou até mesmo pelo uso de anticoncepcionais. Temos ainda as melanoses solares, que são pequenas manchas de sol, habitualmente amarronzadas e redondas que se apresentam nas mãos, colo e rosto. São muito comuns em pacientes acima de 50 anos. Devemos citar também as hipercromias pós-inflamatórias, que são manchas que aparecem após a cicatrização de um machucado ou inflamação da pele, como acne, por exemplo. Surgem por causa da exposição da ferida ao sol, sendo mais comum em peles morenas.

  • Qual é o protocolo de tratamento com o laser de picossegundos para cada uma destas manchas e quantas sessões, em média, devem ser realizadas?

    Dra. Eveline: O protocolo de tratamento é variável. Para o melasma, o tratamento é proposto com quatro sessões iniciais, com intervalo de 30 dias entre cada sessão. Na fase de manutenção, as sessões são realizadas em intervalos variáveis, de acordo com a evolução clínica e remissão do melasma. Preconiza-se a indicação de pelo menos uma sessão a cada seis meses. Para o rejuvenescimento, são indicadas três sessões em intervalos mensais. No caso de melanoses solares e hipercromias pós-inflamatórias, que são manchas isoladas e escuras, o protocolo pode variar de uma a três sessões, e o tratamento pode ser associado a um peeling para melhorar a textura da pele também. É importante ressaltar que esta nova tecnologia se diferencia por não afastar os pacientes das suas atividades habituais. O período de recuperação é mínimo e os resultados já começam a ser visíveis depois da primeira semana.

  • Existe algum tipo de relação entre tipo de mancha e fototipos? (manchas mais comuns em peles claras, escuras etc).                                                                                                                                                                                         Dra. Eveline: O melasma pode acometer tanto as peles mais claras quanto as mais escuras, principalmente pela miscigenação étnica que ocorre no Brasil. As pacientes mais branquinhas costumam se incomodar mais, pois o contraste com a mancha fica mais acentuado. Por outro lado, os melasmas em peles mais morenas, normalmente, são de controle mais difícil. Já as hipercromias pós-inflamatórias são muito mais comuns em pacientes morenas, sendo frequente a busca por um tratamento que seja eficiente e seguro para este tipo de pele.

  • Quais os principais cuidados com a pele após o tratamento, de acordo com o tipo de mancha?                                                                                                                                                                                                                                                    Dra. Eveline: Durante o tratamento das manchas é fundamental o cuidado com a proteção solar rigorosa. Qualquer tipo de mancha tem predisposição a piorar quando é exposta ao sol. O tratamento com o laser de picossegundos é bem gentil, e não machuca a pele. O resultado disso é um tempo de recuperação bem curto (em geral apenas algumas horas), o que permite que as pacientes se tratem sem a necessidade de se afastarem de suas atividades. Uma vez que o melasma não tem cura, é fundamental o uso de produtos à base de ácidos e clareadores para que se mantenham os resultados do procedimento a laser.

Muito legal né?! Espero que vocês tenham gostado 🙂 Esse post além de muuuuuuuuuuuuuuuito informativo, sem dúvida foi bastante esclarecedor (principalmente para essa digital influencer que vos escreve) 😉

Essa pauta incrível foi sugestão da MEDPRO: Uma  empresa brasileira, importadora e distribuidora de produtos de altíssima tecnologia, fundada no ano de 2006. Atua no segmento de dermatologia, cirurgia plástica e estética, provendo soluções para Restauração da Saúde e Beleza da Pele. Importa e comercializa aparelhos de Laser, Laser de Picosegundos, Luz Pulsada, Radiofrequência, e Imagens, todos registrados na ANVISA, que proporcionam tecnologia de ponta para tratamentos estéticos e de doenças da pele.

Curiosidades, Dica, Saúde

Conversando com a nutricionista sobre: Dieta Low carb

Aproveitando esse domingão eu mais uma vez fui buscar mais informações sobre a Dieta Low Carb conforme vocês vem me pedindo até mesmo pela constante abordagem da Mídia Televisiva enfatizando essa Dieta e para contar mais detalhes, no post de hoje, contamos com a ajuda da Nutricionista: Vanja Lima Gonçalves que nos passa os alimentos que compõem essa dieta 🙂 Veja:

DIETA LOW CARB
A Dieta Low Carb é baseada em uma redução do consumo de
carboidratos como arroz branco, macarrão e pão, na alimentação.
Para compensar a redução do carboidrato, geralmente a quantidade de proteínas como carnes, feijões, lentilhas, grão de bico e ovos, são aumentadas na dieta, além das gorduras boas, presentes em alimentos como abacate, castanhas, azeite e
peixes como sardinha e salmão.

ThinkstockPhotos-158996422
Essa dieta é eficiente para quem deseja emagrecer porque o
metabolismo passa a funcionar melhor com o aumento das proteínas e
da gordura boa na alimentação, ajudando também a reduzir a
inflamação do organismo e combater a retenção de líquidos.

Pontos importantes a serem ressaltados: “Essa  dieta não deve ser realizada por períodos muito prolongados e são restritas para pessoas com problemas renais devido ao aumento na ingestão das quantidades de proteínas”.

Espero que tenham gostado meus amores, e lembrem-se: Antes de iniciar qualquer dieta, não se esqueçam de consultar um especialista 😉

Beleza, Curiosidades, Dica

Oque são famílias olfativas dos perfumes?

Você já parou para refletir sobre os perfumes que escolhe? Eles são sempre parecidos entre si? Isso pode acontecer porque você é fiel a fragrâncias da mesma família olfativa, um conjunto de essências que guardam semelhanças entre si. 

De acordo com a perfumista da Natura, Verônica Kato, apesar de continuarem preferindo perfumes da família floral, as brasileiras têm buscado fragrâncias que transmitam força.

unnamed

Com a ajuda de Verônica, desvendaremos a seguir cada família olfativa – e exemplos de produtos dentro de cada uma delas.

unnamed (1) Florais: Uma das famílias mais ricas da perfumaria, a floral é autoexplicativa. Suas essências são feitas a partir do óleo extraído de flores como rosas, jasmins, lírios, magnólias e violetas.
As fragrâncias dessa família costumam ser marcantes e associadas à feminilidade.

unnamed (2) Amadeirados: 

Costumeiramente associados aos perfumes masculinos, essa família também está presente em fragrâncias femininas, normalmente acompanhada de flores. Também autoexplicativa, suas essências vêm de madeiras como sândalo, cedro e patchuli. Seus produtos costumam ser cheios de opulência e, por isso, vêm sendo procurados para transmitir poder. As fragrâncias dessa família costumam ser marcantes e associadas à feminilidade.

unnamed (3) Adocicados: 

Também conhecidas por serem compostas de notas orientais, as fragrâncias adocicadas têm essências fortes, como âmbar e baunilha. Seus aromas são elegantes, mas exigem cautela na aplicação, já que podem ficar enjoativos.

unnamed (4) Frutais: Assim como acontece com outras, o próprio nome dessa família mostra que ela é composta de aromas vindos das frutas. As mais comuns são maçã, cereja, frutas vermelhas, pêssego e laranja. As fragrâncias dela costumam ser bem-aceitas mesmo em períodos quentes, pois não são “cansativas”.

unnamed (5) Chipres: Essa família une o aroma cítrico ao de musgo ou amadeirado. Essências dessa classificação também combinam com florais e frutais. Luna é um exemplo disso.

As melhores fragrâncias você encontra na Perfumarjorie Rede natura… A melhor casa de Perfumarias do Brasil!!!

unnamed 

Beleza, Curiosidades, Dica, Saúde

Conversando com a especialista sobre: Água Termal

Olá meus amores, sei que vocês já estão aguardando essa Pauta a um certo tempo. E para me ajudar a esclarecer as dúvidas de vocês sobre água termal nada melhor do que opinião de uma especialista no assunto não é verdade? Por isso, entrei em contato com a Drª Vanessa Metz (Dermatologista – RJ) que vai nos ajudar a entender um pouco mais sobre esse tema.

vanessa-metz

  • O que é água termal e para o quê ela é indicada? A água termal é rica em sais minerais como cálcio, ferro, magnésio e silício com bicarbonatos que deixam o pH adequado para a pele. Rica também em selênio, possui ação anti-inflamatória indicada para ser usada diariamente após lavar o rosto para ajudar na recuperação dos danos provocados pela radiação ultravioleta.
  • Como pode ser Usada? Pode ser borrifada durante o dia.

Você Sabia??? Nos balneários franceses, existem centros de tratamento com banhos de imersão para pacientes em tratamento de dermatoses inflamatórias como psoríase e dermatite atópica.

  • Existe contra indicação? Não.

Vamos conhecer as 3 Marcas de água termal mais usadas: Avéne, La Roche – Posay & Vichy.

Eu ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei fazer essa matéria pra vocês com a ajuda da Drª Vanessa, Esperamos que vocês tenham gostado 💋💋 e até a próxima!